Previsão orçamentária condominial pode reduzir inadimplência

Fim de ano está chegando e com ele vem todo o planejamento financeiro do ano seguinte. Planejamento para pagamentos de […]

13 de outubro de 2020

Fim de ano está chegando e com ele vem todo o planejamento financeiro do ano seguinte. Planejamento para pagamentos de escolas, saúde, taxas de serviços como IPTU, IPVA, etc. Mas e o planejamento condominial, como fica? Será que existe um planejamento que pode ser realizado dentro dos condomínios? Sim, existe e se for feito da forma correta a previsão orçamentária pode, inclusive, reduzir a inadimplência.

De acordo com o diretor do Grupo Atitude, Paulo Aragão, que atua há 15 anos com serviço de mão de obra terceirizada, administração e segurança condominial, para o ano de 2021, já existe a estimativa do aumento de taxa de condomínio em 4,47%, daí a importância de já colocar todas as despesas na ponta do lápis para não ser pego de surpresa.

“Este é um passo muito importante quando falamos de planejamento e organização do condomínio, não só para o condomínio como um todo, mas, também, de forma individual para os moradores. Porque é pelo planejamento das despesas que os condôminos poderão se planejar, com seu orçamento familiar e incluir parte para o que será de despesa com a
residência”, explicou o diretor.

Já existe o costume de se planejar financeiramente outras áreas, mas o orçamento que será destinado para o local onde se mora acaba se esquecendo de ser incluído na revisão financeira. E por conta disso, acaba contribuindo, algumas vezes, para causar inadimplência condominial.

Vale destacar que este planejamento é bom para os ambos os lados, tanto moradores quanto para quem administra os condomínios. “O planejamento anual é feito fazendo-se o levantamento da média de todas as despesas e, ao final do ano, se contabiliza e verifica o que é preciso realizar. Isso, inclusive, pode-se até evitar cota extra”.

Segundo Paulo, “além disso, vale salientar que a taxa de condomínio é algo que é rateado entre todos os moradores por benefícios que estão sendo prestados, por isso é importante que todos os moradores tenham consciência de que manter em dia o pagamento está zelando pelo compromisso para com o próximo”.