A PROGRESSÃO DA TERCEIRIZAÇÃO

terce

A prática de terceirização tornou-se tendência no Brasil por volta dos anos 90. No início, a intenção era reduzir o número de trabalhadores de sua dependência e em troca continuar receber os mesmos serviços prestados por empresas subcontratadas. Durante muito tempo a terceirização foi vista como precarização do serviço prestado. Hoje a prática é tendência mundial e já se alastrou de forma aberta, abrangente e progressiva pelo Brasil.
O principal fator da terceirização não se dá somente ao custo. A mão de obra também é fundamental, portanto, é estritamente necessário avaliações de desempenho e cursos de reciclagem. O treinamento padrão oferecido pelas empresas que prestam serviços terceirizado leva a eficiência e eficácia necessária para a contratante. Portanto, as empresas contratantes têm produtos e serviços com mais qualidade e preços mais competitivos. Do ponto de vista organizacional, seja pela excelência dos produtos e alta produtividade, pela maximização dos lucros, ou pela redução dos custos trabalhistas pelas empresas contratantes, a solução é altamente vantajosa e positiva. Uma pesquisa feita pela CNI em 2013, “descobriu que 54% das empresas industriais brasileiras contratam ou contrataram serviços terceirizados nos três últimos anos e que 46%, sem a terceirização, teriam redução da competitividade”.
O mundo dos negócios tem passado por imensas transformações, aumentando o grau de competição entre as organizações e o empenho em busca de competitividade e, acima de tudo, sobrevivência. Uma alternativa importante é a terceirização, a transferência de atividades para que empresas especializadas prestem serviços, consentindo agrupar uma tecnologia melhor, fornecendo empregos e contribuindo com a produtividade.

 

Fortaleza/CE | João Pessoa/PB - (85)3254.4465 - 0800.0954465

comercial@atitudegrupo.com.br

Facebook Atitude Grupo